Notícias em destaque na página inicial

Reunião discute implantação da Patrulha Maria da Penha em Teresina

O secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira esteve reunido na tarde desta quinta-feira (22) com representantes da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), da Guarda Civil Municipal e com o vereador de Teresina, Enzo Samuel para discutir a implantação do projeto “Patrulha Maria da Penha” para atender mulheres vítimas de violência que são assistidas pelo Centro de Referência Esperança Garcia na capital.

O projeto consiste na realização de visitas periódicas às residências de 100 mulheres em situação de violência doméstica e familiar, para verificar o cumprimento das medidas protetivas de urgência e reprimir eventuais atos de violência.

“Nossa ideia é criar um formato experimental de instalação do que seria a Patrulha Maria da Penha a ser executada pela Guarda Civil Municipal, tomando como filtro o Centro de Referência Esperança Garcia. Já chegamos a um fluxo mínimo, agora, é aprimorar o projeto, e se for viável, até o mês de novembro, a gente faça o lançamento do programa”, disse o secretário.

Além das visitas, o encontro apontou alternativas que podem ajudar na diminuição da violência como o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar e o desenvolvimento de um aplicativo com a possibilidade da inserção do botão do pânico.

“Nós vamos fazer novas reuniões para alinhar o projeto e apresentar ao prefeito Firmino Filho. Temos, também, a intenção de conhecer a execução desse projeto em Curitiba, Salvador e Belo Horizonte. Vamos buscar fazer contato para entender as dificuldades nesse processo de implantação e o alcance”, finalizou.

Semcaspi realiza oficinas para construção do perfil socioterritoral de Teresina

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), realiza até o dia 21 de agosto as oficinas do Diagnóstico Socioterritorial participativo de Teresina. As ações buscam a elaboração de um perfil da população de cada região da capital de forma que se aperfeiçoem as políticas públicas oferecidas pela Prefeitura de Teresina.

Nos próximos dias 20 e 21 de agosto, as oficinas acontecem no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Sul IV), o centro referencia a região do Parque Rodoviário, zona Sul de Teresina. Nos encontros os profissionais da rede socioassistencial realizam oficinas temáticas e se reúnem com os moradores para a elaboração de um mapa social.

Segundo Layla Tacianne Cardoso Lemos, coordenadora de Vigilância Socioassistencial da Gerência do Sistema Único de Assistência Social (GSUAS), as oficinas são momentos de conhecer a realidade dos territórios para, a partir disso, atender as demandas de cada região.

“Trabalhamos com seis eixos: assistência social e direitos humanos; infraestrutura; segurança pública; saúde e educação; vulnerabilidade e lazer e meio ambiente. Nós questionamos quais as principais dificuldades e potencialidades que aquele território possui diante de cada eixo”, explica Layla.

A construção do diagnóstico socioterritorial iniciou no dia 10 de junho. Até o momento foram realizadas 64 oficinas nos CRAS de todas as regiões de Teresina, nos Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro Dia para Pessoas com Deficiência e Centro Dia Saber Cuidar, para crianças com microcefalia.

A população pode se informar mais sobre as oficinas de diagnóstico socioterritorial entrando em contato com a Gerência de Proteção Básica (GPSB) da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) por meio do 3131-4729.

Parque Rodoviário: famílias participam de grupos de acompanhamento e recebem cestas básicas

As famílias vitimadas pela tragédia que atingiu a região do Parque Rodoviário, em abril deste ano, vem participando, mensalmente, de grupos de acompanhamento. As ações acontecem mensalmente e buscam oferecer orientações sobre os serviços ofertados pelos Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). A distribuição das cestas básicas acontecem durante esses eventos.

A Gerente de Proteção Social Básica (GPSB) da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Kânia Britto, ressaltou a importância de informar a população por meio desses encontros. “As cestas continuam sendo entregues, conforme a demanda inicial. Além disso, todas as famílias são acompanhadas individualmente e em grupo. Nos encontros são discutidas temáticas, a deste mês, por exemplo, foi sobre os serviços ofertados pelo CRAS.”.

“Percebemos que várias famílias não sabiam como buscar alguns serviços e como a porta de entrada de qualquer serviço da proteção social básica deve ser o CRAS, observamos a necessidade de trabalhar esse tema”, explica Kânia. Atualmente, 80 famílias estão inclusas nos programas socioassistenciais oferecidos pela Prefeitura de Teresina por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

De acordo com Kânia, todas as famílias estão com seus benefícios em dia. “Com relação ao aluguel, nós acordamos com eles, em reunião no mês de maio, que esses benefícios seriam depositados mensalmente no quinto dia útil em conta. Disponibilizamos esses nomes para o CRAS, para que acompanhassem essas famílias. Na segunda-feira passada, o benefício estava nas contas das três agências definidas para recebimento do Cidade Solidária”, reforça.

Além disso, as obras que buscam reconstruir a região já estão sendo finalizadas pela Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU Sul). Ao todo, serão entregue 55 casas, sendo 25 novas construções e 30 recuperadas. As famílias que ainda estavam em áreas de risco também já foram realocadas, após a desapropriação de um terreno próximo.

Cidade Solidária

O Cidade Solidária atende famílias em situações emergenciais de desabrigamentos, em consequência das chuvas, infortúnios, incêndios, alagamento, transbordamento de rios ou lagoas ou ainda, situações de vulnerabilidades temporárias. O trabalho é executado pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU’s) e Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR).

NUCEPE divulga lista de aprovados e classificados no concurso da Guarda Municipal

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE), da Universidade Estadual do Piauí, divulgou, nesta sexta-feira (2), a lista dos aprovados e dos classificados para cadastro de reserva do Concurso da Guarda Civil Municipal de Teresina.

Confira
http://nucepe.uespi.br/guardamun2018.php

Criada por meio da Lei complementar n° 3.834, a Guarda Civil Municipal de Teresina é vinculada à Semcaspi e atua nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa; parques Lagoas do Norte, Estação da Cidadania, Floresta Fóssil e Parque Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão).

Os agentes também realizam patrulhamento preventivo no Centro Pop, Restaurante Popular de Teresina, Praça dos Skatistas e Corredores e nos Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista.

Guarda Municipal recebe novas viaturas e motocicletas para atuar em Teresina

Visando ampliar a atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) em todas as zonas da capital, a Prefeitura de Teresina realiza na próxima terça-feira (6), às 8h, no Centro Dia Saber Cuidar a entrega de 08 novos veículos para a instituição e o lançamento do projeto piloto “Ação Zonal”.

A solenidade contará com a presença do prefeito Firmino Filho e do secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, que vão fazer também a entrega de 03 micro-ônibus para atender as demandas da Casa Reencontro, Associação dos Cegos do Piauí e do Centro Dia Saber Cuidar.

A ação faz parte da programação de aniversário da cidade. “A Guarda Civil Municipal será reforçada com novos veículos que serão destacadas para visitar de forma permanente os espaços públicos municipais e se colocar a disposição através de uma linha direta de contato para atender qualquer ocorrência nessas áreas”, explica o secretário Samuel Silveira.

“A dinâmica da Guarda Civil Municipal hoje é de atuação nos parques, praças e nos Centros de Artes e Esportes Unificados, que são considerados pontos fixos da cidade. No entanto, a nossa proposta é ampliar essa atuação em cada zona da cidade através de uma viatura formada por quatro guardas para visitar os hospitais municipais, escolas, creches, centros de convivência e CRAS. É um projeto piloto e que tem como foco dá uma maior segurança para os equipamentos públicos da cidade”, reforça Samuel Silveira.

Com a entrega dos novos transportes, a Guarda contará com um total 21 veículos, sendo 13 carros e 08 motos, para atender as demandas de segurança em toda a capital. O lançamento acontece na sede do Centro Dia Saber Cuidar que fica localizado na Rua Jaicós, 1265, bairro Ilhotas.

Teatro, feirinha e dançando na praça são atrações do Meu Bairro É Vivo deste sábado (3)

Teatro de Bonecos, Feirinha de Artesanato e o projeto Dançando na Praça são as atrações de mais uma edição do Meu Bairro É Vivo. O evento acontece neste sábado (3), das 17h às 20h na praça da Telemar no Bairro Mocambinho. As atividades são gratuitas e tem como finalidade revitalizar praças e ofertar lazer e serviços para a população.

O Meu Bairro É Vivo é um projeto que faz parte do Vila Bairro Segurança, programa realizado pela Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) cujo objetivo é fortalecer a política de segurança pública municipal, atuando, sobretudo, nas áreas mais vulneráveis da capital.

De acordo com a coordenadora do projeto, Eliene Costa, a cada edição o projeto tem ganhado a adesão dos moradores. “Além das atividades de lazer e serviços, o Meu Bairro É Vivo promove a melhoria dos espaços públicos. Isso estimula os moradores a utilizarem e valorizarem cada vez mais as praças da nossa cidade”, afirma.

O próximo bairro a receber o projeto será o Itaperu, no dia 10 de agosto. O evento é realizado conjuntamente pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), Fundação Monsenhor Chaves (FMC), Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest) e Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU Centro Norte) e Fundação Wall Ferraz.

O projeto

A ação faz parte do Meu Bairro é Vivo, uma das frentes do Programa Vila Bairro Segurança. O “Vila Bairro Segurança” é um projeto da Prefeitura de Teresina, conduzido por meio da Semcaspi, com o intuito de promover e fortalecer a política de segurança municipal, fortalecendo a inclusão social dos setores mais vulneráveis.

Os 13 bairros assistidos pelo projeto são Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Samuel Silveira participa do 13º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

O secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, participa nesta semana do 13º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública em João Pessoa, na Paraíba. O encontro acontece até a próxima sexta-feira (02) e vai promover diversas discussões entre os representantes da área de segurança pública como policiais, gestores públicos dos estados e municípios, integrantes do sistema de justiça criminal, sociedade civil e estudantes para apontar os principais desafios e soluções no combate da violência no país.

O secretário Samuel Silveira explicou que o evento vai promover uma troca de experiências com gestores de outros estados e que os temas que serão ministrados podem melhorar na atuação dos projetos na área de segurança pública que já estão sendo desenvolvidos na cidade de Teresina.

“Estamos buscando informações para melhorar cada vez mais a atuação da Guarda Civil Municipal de Teresina, as abordagens preventivas que podemos inserir no Centro de Convivência Retomando o Caminho, que é pioneiro no país, e do programa Vila Bairro Segurança. Vamos entender como funciona essas dinâmicas nos outros estados e o que podemos inserir na nossa realidade. Iremos conversar também com os gestores dos estados que possuem o Centro Integrado de Comando e Controle, para saber os principais desafios iniciais, já que temos a pretensão de iniciar em Teresina no próximo ano”, disse.

Além das palestras que vão acontecer, os participantes vão passar por um treinamento de liderança, desenvolvido para instituições responsáveis pela promoção da segurança pública, da paz e da justiça social. O programa conhecido com “SKY Mindful Leadership” é uma série de técnicas de respiração, que eliminam o estresse e restauram o bem-estar.

O treinamento foi formatado para o exército americano e implementado nas forças armadas da Rússia, Índia e Curdistão, bem como em polícias do Canadá, Argentina, EUA e Brasil. Além disso, os gestores participarão de uma discussão relacionada a estruturação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP).

CRAS Norte I e Norte V realizam arraiá integrativo com grupos de idosos

Os Centros de Referência em Assistência Social CRAS Norte I e CRAS Norte V realizaram nesta quinta-feira (25) o Arraiá Julhino Integrativo com grupos de idosos dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). O evento aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no bairro Santa Maria da Codipi

A atividade contou com a participação dos grupos de idosos Vida e Fé e G-Esperança, que participaram de uma animada quadrilha chamada ‘Balança Mas Não Cai’. “Foi um momento muito divertido de acolhida e integração entre os idosos que fazem parte dos grupos”, afirma a coordenadora do CRAS Norte I, Sara Carvalho.

O secretário da Semcaspi, Samuel Silveira, e o vereador de Teresina, Gustavo Gayoso, prestigiaram o evento. “Agradecemos todo empenho das equipes dos CRAS e SCFV e também aos idosos que fazem valer a pena todo o trabalho em favor da melhoria da qualidade de vida na nossa cidade”, destaca o secretário.

 

 

Mocambinho recebe mais uma edição do Meu Bairro é Vivo neste sábado (24)

Neste sábado (27), das 17h às 20h, a praça da Telemar, localizada no bairro Mocambinho, será o palco de mais uma edição do Meu Bairro É Vivo. O evento tem como objetivo promover a cidadania através da revitalização de espaços públicos da capital e é realizado aos sábados pela Prefeitura de Teresina nos bairros que compõem o eixo de prevenção do Vila Bairro Segurança.

Na edição deste sábado, haverá o projeto Dançando na Praça, a apresentação da banda infantojuvenil Yeda Caddah, a feirinha de artesanato e o tradicional teatro de bonecos. De acordo com a coordenadora do projeto, Eliene Costa, o programa vem se consolidando a cada edição e conquistado a aprovação dos moradores.

O Meu Bairro é Vivo retorna à praça do Mocambinho no dia 03 de agosto. Nos próximos meses o evento acontecerá nos bairros Itaperu e São Joaquim. O evento é realizado conjuntamente pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), Fundação Monsenhor Chaves (FMC), Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest) e Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

O projeto

A ação faz parte do Meu Bairro é Vivo, uma das frentes do Programa Vila Bairro Segurança. O “Vila Bairro Segurança” é um projeto da Prefeitura de Teresina, conduzido por meio da Semcaspi, com o intuito de promover e fortalecer a política de segurança municipal, fortalecendo a inclusão social dos setores mais vulneráveis.

Os 13 bairros assistidos pelo projeto são Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Centro de Convivência Cajueiro realiza Colônia de Férias

O Centro de Convivência Cajueiro, localizado no Parque Mão Santa, zona Leste de Teresina, iniciou nesta terça-feira (23) a sua tradicional colônia de férias. As atividades acontecerão até sexta e são voltadas para crianças de 6 a 14 anos, grupo de idosos e mulheres atendidas pela unidade.

As atividades são realizadas em conjunto e consistem em dinâmicas, momentos de acolhida, brincadeiras, jogos, circuitos e provas de perguntas e respostas. Estão sendo realizadas ainda futebol, vólei, dança, capoterapia, entre outros.

Segundo Remédios Figueiredo, coordenadora do Centro, as atividades tem como finalidade promover a integração entre o público e ofertar um momento de alegria e lazer para a comunidade. “Estamos muito contentes com o resultado, pois o público tem participado e interagido bastante”, afirma.