Seguindo a diretriz da Prefeitura de Teresina para evitar a transmissão do novo Coronovírus, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) suspendeu todo o atendimento coletivo ao público nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), assim como as requisição do Passe Livre e para inclusão em programas de transferência de renda.

Faremos apenas atendimentos individuais. Todo o esforço da Prefeitura está em evitar que essa pandemia chegue à nossa cidade. Essas medidas são preventivas e têm duração de 15 dias. Além da suspensão ao atendimento ao público, foram suspensas as visitas aos abrigos, casas de acolhimento e centros de convivência”, afirmou o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Casas de funcionamento 24 horas, como a Casa Reencontro, que atende jovens em situação de vulnerabilidade social, e a Casa de Punaré, que atende adolescentes do sexo masculino em processo de rompimentos de vínculos familiares, estão com visitas suspensas.

Com relação ao Família Acolhedora, que atende crianças que são temporariamente removidos do ambiente nos quais sofrem abuso ou negligência e passam a ser acolhidas por outra família, o projeto segue realizando os acompanhamentos e atendimentos individuais. “Para os interessados em se inscrever no serviço, vamos continuar recebendo as ligações e marcando as entrevistas para depois do prazo determinado pelo prefeito, com proibição para reuniões de grupos”, disse a gerente executiva do Família Acolhedora, Lorena Batista, informando ainda que o telefone projeto é o 3234-1652.

Também por conta das medidas contra o Coronavírus foi adiada a realização da V Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que seria realizada nos dias 24 e 25 deste mês, com participação dos poderes públicos e as organizações da sociedade civil.

O Centro Pop, que presta diversos serviços para a população em situação de rua, segue com suas atividades normalmente. A Casa do Caminho, que abriga pessoas em situação de rua no período da noite, também segue seu funcionamento normal, apenas não permitindo visitas externas, bem como de grupos de voluntários.

As atividades da Guarda Civil Municipal seguem normalmente realizando o monitoramento de prédios públicos da Prefeitura de Teresina, bem como dos corredores urbanos da capital e nos parques e praças da cidade. O monitoramento da Defesa Civil municipal também segue suas atividades diárias de monitoramento e atendimento.

Essas medidas são emergenciais e vamos acompanhar todas as demandas das pessoas que precisam da assistência social do município. Outras decisões podem ser tomadas ao longo desses 15 dias ou mudadas, de acordo com as permissões e orientações da Fundação Municipal de Saúde”, finalizou Samuel Silveira.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).