Durante encontro de avaliação realizado nesta sexta-feira (29) sobre a execução do Programa Criança Feliz em Teresina, a representante do Ministério da Cidadania, Kaline Keyse, afirmou que o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) alcançou o nível de excelência.

Segundo ela, houve total convergência das ações do programa com os Centro de Referência da Assistência Social(CRAS).

“Foi possível acompanhar duas visitas domiciliares e perceber que o programa está sendo executado muito bem pela gestão do município. Nosso papel não é fiscalizar, mas apoiar, conhecer a realidade e melhorar o trabalho de abordagem através da nossa devolutiva. Encontramos algumas peculiaridades adotadas e ficamos satisfeitos já que o programa é executado dentro das normativas do Governo Federal”, disse a representante.

O secretário da Semcaspi, Samuel Silveira, participou do encontro e afirmou que os resultados obtidos pela representante apontaram um cuidado da gestão municipal para a execução do projeto e o melhoramento das ações dentro das estratégias solicitadas pelo Governo Federal.

“O estudo feito apontou que a cidade foi uma das pioneiras na execução do Criança Feliz junto com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Foi feita toda uma sensibilização com os assistentes sociais para esse engajamento na execução do programa através de um acompanhamento domiciliar. Nós fizemos diversas reuniões para mostrar a importância desse acompanhamento até para obtenção de recursos junto ao Governo Federal que vão potencializar as atividades de inclusão dessas famílias”, disse o secretário.

A coordenadora do “Criança Feliz” na Semcaspi, Elizabeth Nogueira, explicou que a visita apontou alguns pontos que precisam ser melhorados e que algumas adequações já estão sendo feitas.

“Nós já tínhamos traçados algumas mudanças das visitas domiciliares e orientado também sobre a quantidade que se pode fazer, levando em consideração a realidade da cidade. Ficamos felizes que o trabalho de atendimento foi reconhecido pelo Ministério da Cidadania”, informou.

O Programa Criança Feliz tem por finalidade promover o desenvolvimento integral de crianças na primeira infância, com ações voltadas a apoiar gestantes na preparação para o nascimento e cuidados perinatais, fortalecer vínculos familiares para o desempenho da função de cuidado, proteção e educação de crianças na faixa etária de zero até seis anos de idade, também ampliar e fortalecer ações de políticas públicas voltadas para gestantes, crianças na primeira infância e suas famílias. O programa foi instituído por meio do decreto n° 8.869, de 05 de outubro de 2016, tendo como fundamentação o Marco Legal da Primeira Infância.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).