As obras de construção do Centro de Comando e Controle do município de Teresina estão 80% concluídas. Segundo o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira, a estrutura física está quase concluída para receber todo o aparato tecnológico que vai permitir o combate à violência e o monitoramento do trânsito por meio de centenas de câmeras instaladas em toda Teresina.

Na manhã dessa segunda-feira (21), o secretário visitou as obras do futuro CCO junto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Superintendência Municipal de Trânsito (STRANS), órgãos parceiros que irão atuar juntos com a Semcaspi na operacionalização do centro.

“As parcerias da Prefeitura de Teresina através da Semcaspi com os demais órgãos já estão firmadas para a gerência do aparato tecnológico e do serviço de inteligência do Centro de Controle e Comando Municipal. A capital contará com um trabalho integrado que vai atuar no combate ao roubo e furto de veículos, na redução da criminalidade e na desarticulação do tráfico de drogas”, disse o secretário.

Nos últimos dias, Samuel Silveira participou de algumas reuniões para conhecer o funcionamento do projeto em outras cidades do país e afirmou que o Centro de Comando e Controle deve atuar nos mesmos moldes do que foi utilizado pelo Governo Federal como parte do planejamento nacional de segurança para os grandes eventos que o Brasil recebeu entre os anos de 2013 e 2016.

“Nós estamos conhecendo a realidade de outros estados que aderiram ao projeto integrado de segurança. Em Fortaleza, por exemplo, depois da instalação do Centro, o número de roubos e furtos teve queda de 40%. É nosso compromisso que o poder público municipal esteja engajado no combate à violência no município”, afirmou.

Em Teresina, o Centro de Comando e Controle vai funcionar no prédio da Strans, que fica localizado na Avenida Pedro Freitas no bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. Além da Guarda Civil Municipal, da STRANS e da PRF, o serviço de monitoramento da cidade vai contar com representantes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A Secretaria de Segurança Pública do Piauí também foi convidada a fazer parte do projeto. A inauguração do CCO está prevista ainda para o primeiro bimestre de 2020.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).