O Restaurante Popular de Teresina realizou hoje (12) uma ação de valorização à vida em alusão ao Setembro Amarelo. As atividades foram conduzidas por uma equipe do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Território Norte II, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), em parceria com a administração do restaurante.

Segundo o coordenador administrativo, Ítalo Vieira, o restaurante popular dá a sua parcela de contribuição com a sociedade mostrando ao público a importância da valorização da vida e da campanha Setembro Amarelo, pois, no Piauí,existem vários casos de suicídio.

“Além de fornecer alimentação diariamente, temos também o intuito de ajudar a todos os comensais, realizando campanhas, informando e procurando fortalecer esse lado da valorização da vida, visto que atendemos também pessoas que vivem em situação de rua ou são dependentes químicas e acabam por estar mais vulneráveis” explica o coordenador.

Para a assistente social Daniela Cruz, do CRAS Norte II, a ação teve o intuito de sensibilizar as pessoas no momento do almoço para um chamamento para esse tema. “A questão da depressão e do suicídio em Teresina é algo que infelizmente é uma realidade e estamos aqui no sentido de esclarecer e dizer os locais que podem procurar toda nossa rede de atenção psicossocial”, reforça.

O Restaurante Popular está localizado na Rua Lisandro Nogueira, no segundo piso do Mercado Central São José, no Centro de Teresina. Está aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h e fornece diariamente cerca de mil refeições. O valor da refeição é de R$2,50. A instituição é administrada pela Fazenda da Paz, assim também propicia a inclusão social, pois emprega egressos do tratamento terapêutico em decorrência do uso de drogas.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).