A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em ação conjunta com a Guarda Civil Municipal, Strans, Polícia Militar, SDU Centro Norte, Conselho Tutelar e 1ª Vara da Infância e Juventude realizaram, no último domingo (04), a 40ª operação do projeto Vila Bairro Segurança.

A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal realizaram 50 abordagens nas praças e bares da região, com 17 apreensões de entorpecentes, 02 pessoas conduzidas para Central de Flagrantes e a recuperação de 02 motocicletas que estavam com registro de roubo e furto. Os agentes da Strans abordaram 200 veículos, realizando 17 remoções, e 30 notificações, sendo 15 motocicletas e 02 carros com licenciamentos vencidos na avenida Freitas Neto e rua Gabriel Ferreira. Já a SDU Centro-Norte realizou 02 notificações por falta de alvará de funcionamento, sendo 01 interdição da casa de shows “Déa” por vender bebidas para menores de idade. A 1ª Vara da Infância e Juventude fez 10 abordagens, com 01 notificação e 01 acolhimento institucional.

“Nós conduzimos a dona da casa de shows Déa para Central de Flagrantes por vender bebidas alcoólicas para menores de idade e uma garota de 14 anos foi levada para o abrigo, a mãe se negou a busca-la na casa de shows. O Conselho Tutelar notificou hoje pela manhã a Juíza responsável”, disse o comandante da Guarda Civil Municipal, capitão Monteiro Silva.

O Vila Bairro Segurança que tem como objetivo reforçar a segurança nos bairros da capital, por meio dos projetos Blitz Sufoco e Teresina Protege. Os 13 bairros assistidos pelo projeto são Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).