Estão orçados em R$3,5 milhões os projetos para construção e reforma de moradias no Parque Rodoviário, onde casas foram atingidas por uma enxurrada no mês de abril passado. O prefeito Firmino Filho busca recursos em Brasília para iniciar as obras. As formas de atendimento às vítimas foram tema de uma audiência pública nesta segunda-feira, 20, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.

O secretário Marco Antônio Ayres, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), explicou na audiência como são os projetos.  “A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul, já fez três projetos de recuperação que visam a construção de 30 casas, reforma de 44 moradias e a construção de um parque. O prefeito Firmino Filho já esteve em Brasília tentando conseguir recursos e ainda aguardamos laudos técnicos que nos garantam iniciar qualquer intervenção segura naquela área”, disse.

Participaram da audiência pública os secretários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Marco Antônio Ayres; da Secretaria Municipal de Cidadania e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira; o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes e o procurador do município Ricardo Almeida Santos.

Para atendimento às famílias, a Semcaspi desenvolve o projeto ‘Família Solidária’ e ‘Residência Solidária’. “Na primeira modalidade, são famílias que acolhem outras famílias, e na segunda modalidade, as residências são alugadas. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) presta atendimento na área da saúde e a Defesa Civil acompanha áreas consideradas vulneráveis.

A SDU Sul executou os serviços emergenciais de recomposição dos aterros das ruas que foram atingidas pela força das águas, inclusive, com a reconstrução de sarjetas, lajes da galeria, descidas de água e dos calçamentos danificados.

 

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).