Livros arrecadados no Teresina em Ação são distribuídos para criação de bibliotecas comunitárias

A leitura é uma importante forma de transformação social. Visando contribuir com esse aspecto, o Teresina em Ação realiza a arrecadação de livros a cada edição. E na noite do último sábado (11), cerca de 1.000 livros recebidos foram doados ao comitê do Parque Lagoas do Norte para compor o acervo de uma biblioteca comunitária na região.

A entrega aconteceu durante a realização do projeto Meu Bairro é Vivo, na Praça Princesa Isabel, no bairro Mafrense. “A entrega foi satisfatória para ambas as partes envolvidas e esperamos que todas as obras literárias sejam úteis na inclusão e acessibilidade à leitura na região”, destaca Débora Ferraz, assessora técnica de Políticas Integradas da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

O projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ tem como objetivo mapear e recuperar praças públicas, iluminar pontos de ônibus, trabalhar a educação ambiental, asfaltar vias públicas, entre outras ações. A ação compõe a frente de prevenção do Programa Vila Bairro Segurança e tem como objetivo promover uma política de não violência, além de aumentar a sensação de segurança.

“A doação que fizemos de aproximadamente 1.000 livros fortalece nosso compromisso com a educação, além de fazer uma interação entre o Teresina em Ação, veículo utilizado para arrecadação e o Vila Bairro Segurança, que busca fortalecer a cultura de paz, através de ações de proteção e também de natureza preventiva e de infraestrutura. Entendemos que o Vila Bairro Segurança é uma importante ferramenta na consolidação de uma Teresina menos violenta”, destaca Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

Doação de Livros                             

O morador que se interessar em realizar a doação pode entregar dois livros ou mais durante a realização do Teresina em Ação. Para isso, basta seguir os seguintes critérios: os livros devem estar em bom estado; não serão aceitos revistas (que não forem de caráter cientifico); livros do MEC e catálogos. Durante a entrega, o morador recebe um guarda-sol personalizado do Teresina em Ação.

O Teresina em Ação é um projeto da Prefeitura de Teresina, realizado por meio da Semcaspi. A atividade acontece um sábado por mês levando às Praças serviços nas áreas de assistência social, saúde, educação, lazer e cultura, de forma gratuita.

Pessoas em situação de rua finalizam curso de Artesanato em Mosaico

Oito pessoas em situação de rua atendidas pelo Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua – Centro POP – concluíram o curso de Artesanato em Mosaico. O curso, realizado pela Fundação Wall Ferraz através do Projeto “Profissionalizar para Inserir” foi iniciado em junho e foi encerrado na manhã de ontem (13).

“É uma iniciativa diferenciada e histórica que a Fundação Wall Ferraz vem desenvolvendo desde o ano passado. Nós entendemos que a formação profissional, quando levada a essa população, ela é mais que uma simples formação profissional. Essa qualificação oportuniza chances reais de aprendizado e mais que isso, leva voto de confiança. Então quando a gente abre essa oportunidade nós estamos dizendo que essa pessoa é capaz, que ela pode e que nós acreditamos em seu potencial”, pontuou a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Manoel Mendes, aluno assíduo das aulas, o curso é uma grande oportunidade de aprender uma profissão e mudar de vida: “O curso é importante, pois posso buscar um novo meio de vida. E também é uma forma para me reintegrar à sociedade”, afirma.

O Projeto Profissionalizar para Inserir é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e tem o principal objetivo de levar qualificação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, como dependentes químicos, mulheres vítima de violência, população LBGTT, população em situação de rua, jovens em cumprimento de medidas socioeducativas e pessoas com deficiência.

O Centro POP é mantido pela Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) e funciona de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 18h. Caso a população queira entrar em contato com o Centro para identificação de pessoas em situação de rua, deve ligar para o número 3215-9317.

Sou Capaz: projeto que qualifica jovens para o primeiro emprego será lançado hoje (14) no Teatro do Boi

A qualificação profissional é uma importante forma de garantir o ingresso ao mercado de trabalho, principalmente, na busca pelo primeiro emprego. Por isso, a frente de prevenção do Programa Vila Bairro Segurança lança, na tarde desta terça-feira (14), às 16h, uma aula inaugural do projeto “Sou Capaz”, que visa promover a capacitação profissional e inclusão no mercado de trabalho de jovens de 18 a 24 anos.

Sabemos o quanto o país como um todo precisa avançar no primeiro emprego e na plena qualificação dos nossos jovens, a fim de fortalecermos a empregabilidade e diminuirmos a fila do desemprego. Com mais esse importante projeto contribuímos com esses aspectos, além de injetarmos um ânimo na economia. Hoje, através do Vila Bairro Segurança, damos mais um importante passo na contribuição para o emprego e renda”, comenta Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

As ações contemplam jovens que residem na região do Parque Lagoas do Norte, área de atuação inicial do programa Vila Bairro Segurança. Ao todo, serão 125 vagas em cursos profissionalizantes que serão realizados nos Centros de Capacitação dos bairros Poti Velho, Itaperu, Matadouro e Parque Alvorada. Nas aulas participarão jovens que não tenham tido relação formal de emprego e estejam matriculados no ensino médio ou cursando o último ano. Entre os cursos serão ofertados o de Operador(a) de Caixa; Operador(a) de Call Center; Operador(a) de Microcomputador; além de corte de cabelo masculino e barbearia.

No projeto estão envolvidas a Semcaspi; Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec); Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) e Fundação Wall Ferraz (FWF). Na solenidade de lançamento, entre os participantes estarão presentes o prefeito de Teresina Firmino Filho e Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Vila Bairro Segurança 

O programa Vila Bairro Segurança é uma ação da Prefeitura de Teresina, por meio da Semcaspi, que tem como objetivo promover uma política de não violência, além de aumentar a sensação de segurança. A ação contempla os 13 bairros que formam a região do Parque Lagoas do Norte, sendo eles: o Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

As ações são articuladas em três frentes: prevenção, proteção e pesquisa/monitoramento. Na frente de prevenção, são realizados seis projetos com ações articuladas por todas as secretarias do município naquela região, com o intuito de trabalhar ações que promovam uma cultura da não violência. Na frente de proteção, os projetos Blitz Sufoco e Teresina Protege trabalham, respectivamente, ações no controle de condutores embriagados e desarmamento e realização de operações em um raio de 100 metros de bares com registros de homicídio.  Já a frente de pesquisa e monitoramento visa a produção de conhecimento, sob a construção de um observatório da violência.

Guarda Municipal captura dois acusados de praticar assaltos no Parque da Cidadania

A Guarda Civil Municipal de Teresina prendeu, na tarde deste domingo (12), um jovem de iniciais R. S. S, 19 anos, e apreendeu o adolescente R. G. C, de 14 anos, conhecido como “Bebezin”. Os dois são suspeitos de realizar assaltos dentro do Parque Estação Cidadania usando uma arma de fogo artesanal. A captura ocorreu no próprio Parque, na região centro-norte da capital.

De acordo com o capitão Monteiro Silva, comandante da Guarda Municipal, a arma estava em posse do adolescente. “Encontramos o adolescente com a arma e o comparsa estava próximo dele. Conseguimos capturá-los principalmente por ter sido em flagrante. É importante destacar, ainda, que a população pode contribuir com a GCM denunciando qualquer tipo de ocorrência através do número 153”, explica o comandante da Guarda.

Os dois foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina. Além do Parque da Cidadania, o órgão também  atua   nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa e dos Skatistas; Parques Lagoas do Norte e Parque Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão).

A Guarda Municipal também realiza patrulhamento no Centro Pop, Restaurante Popular de Teresina, Parque Floresta Fóssil e Corredores e Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista. Criada por meio da Lei complementar n° 3.834, a Guarda Civil Municipal de Teresina é vinculada à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Vila Bairro Segurança: operação apreende drogas na zona Norte da capital

Foram apreendidos 17 adolescentes, drogas e recolhidos 10 veículos irregulares na noite desse sábado (11), na zona Norte de Teresina, como resultado das ações da 11ª edição do Programa Vila Bairro Segurança, por meio do Teresina Protege e Blitz Sufoco. O trabalho envolveu dezenas de profissionais de segurança, trânsito, fiscalização municipal, além de profissionais da assistência social, Conselho Tutelar e representantes da Vara da Infância e Juventude. A ação que teve início por volta das 21h30 e só terminou às 3h deste domingo (12).

Os trabalhos tiveram início na sede da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especiais), quando as equipes da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Vara da Infância e da Juventude de Teresina, Polícia Militar, Guarda Municipal, Conselho Tutelar e SDU – Centro/Norte percorreram bares e casa de shows em um trabalho de prevenção e combate à violência através do Teresina Protege.

A adolescente de iniciais H.O.M, de 17 anos, foi encaminhada à Central de Flagrantes, com o proprietário do estabelecimento, por consumo de bebida alcoólica por parte da menor. Logo depois, em uma casa no bairro Risoleta Neves, outros 17 adolescentes também foram conduzidos à Central.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar também encontraram cigarros de maconha e pedras de crack no local, mas não houve flagrante. Os adolescentes foram liberados após o pais serem notificados e orientados a procurar o Conselho Tutelar para assinarem um Termo de Responsabilidade.  Dois deles foram levados para a Casa de Punaré, mantido pela Prefeitura de Teresina, porque os pais não foram localizados.

A Blitz Sufoco, realizada na Avenida Dom Severino, nas proximidades da Ponte Estaiada, fez 236 abordagens, expediu 38 AITs (Autos de Infração de Trânsito), seis remoções de carros, quatro de motocicletas e foram realizados seis exames de bafômetro com um motorista encaminhado para a Central de Flagrantes.  O secretário Samuel Silveira destaca a importância desse programa para diminuição da violência em Teresina, especialmente na zona Norte, onde o Vila Bairro Segurança se concentra.

“Essa estratégia de integrar instituições e órgãos para o combate à violência tem sido bem-sucedida por esse olhar focado na construção da cultura de paz. As duas ações, Blitz Sufoco e Teresina Protege, buscam reduzir os riscos que ameaçam os jovens e os resultados têm sido muito bons, com aumento da sensação de segurança, estabelecendo uma presença forte dessas instituições nos 13 bairros que compõem o programa Lagoas do Norte”, frisa o secretário.

Casa de Zabelê lança exposição de moda com inspiração na arquitetura de Teresina nesta segunda (13)

Nesta segunda-feira (13) acontece a abertura da exposição ‘Teresina Formas e Moda’, produzida por 29 jovens e adolescentes atendidos na Casa de Zabelê. A exibição mostrará peças produzidas na casa, que tiveram como inspiração a cultura europeia presente na arquitetura teresinense. A atividade de lançamento será realizada na Casa de Cultura, às 9h. A exposição segue até o dia 29 deste mês.

O trabalho é realizado pelo Núcleo da Profissionalização de Moda e Serigrafia. Na moda, foram confeccionados vestidos; já na serigrafia, foram estampadas sacolas. “A exposição reforça o protagonismo de cada jovem e adolescente, além de aumentar o conhecimento da formação do povo brasileiro, pois trabalhamos diversos aspectos desse tema. Além disso, eles ganham mais autonomia para, ao término do curso, entrar no mercado de trabalho”, comenta Suely Coelho, coordenadora da Casa de Zabelê.

Atualmente, a instituição possui três núcleos de atendimento: Núcleo Direto, que atende crianças (8 a 11 anos) e adolescentes (12 a 17 anos) do sexo feminino; Núcleo de Dança Contemporânea, que atende adolescentes do sexo feminino; e Núcleo de Profissionalização em Moda e Serigrafia, para jovens do sexo feminino e masculino (16 a 22 anos).

A entidade é coordenada pela Ação Social Arquidiocesana (ASA), em parceria com a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).  O espaço atende crianças e adolescentes que sofreram violações dos seus direitos sociais e pessoais, tendo foco no atendimento a vítimas de violência doméstica e de forma especializada na violência sexual. 

Segunda edição do ‘Meu Bairro é Vivo’ acontece no bairro Mafrense neste sábado (11)

O sábado dos moradores da zona Norte de Teresina será de cultura, lazer e educação. Isso porque a segunda edição do projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ continua suas atividades neste sábado (11), no bairro Mafrense. A atividade será realizada a partir das 17h, na Praça Princesa Isabel.

A novidade da edição será a realização simultânea do projeto ‘Educando para Prevenir’, que, através de atividades educativas e lúdicas, aborda a questão das drogas nas escolas municipais de Teresina e, amanhã, será realizado na Praça. Além disso, também acontecerá a entrega de alguns livros arrecadados no Teresina em Ação ao comitê do Parque Lagoas do Norte.

“A Semcaspi, através do Teresina em Ação, arrecadou 2.339 livros. Na noite deste sábado entregaremos mil deles, que serão utilizados para compor o acervo de uma biblioteca comunitária na região”, comenta Débora Ferraz, assessora técnica da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

O projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ tem como objetivo mapear e recuperar praças públicas, iluminar pontos de ônibus, trabalhar a educação ambiental, asfaltar vias públicas, entre outras ações. Na frente de prevenção primária do Vila Bairro Segurança, em que está inserido o projeto, são trabalhados a educação, a habitação, o trabalho e a inserção no meio social como elementos essenciais para uma cultura de não violência e aumento da qualidade de vida.

“Serão diversas ações ofertadas à comunidade, que pode esperar atividades educativas e de lazer. Convidamos a população a participar de mais uma edição”, acrescenta Samuel Silveira, secretário da Semcaspi. No projeto estão envolvidas a Semcaspi; Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC); Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh); Secretaria Municipal de Concessão e Parcerias (Semcop); Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU- Centro/Norte) e Prodater.

Vila Bairro Segurança                   

O programa Vila Bairro Segurança é uma ação da Prefeitura de Teresina, por meio da Semcaspi, que tem como objetivo promover uma política de não violência, além de aumentar a sensação de segurança. A ação contempla os 13 bairros que formam a região do Parque Lagoas do Norte, sendo eles: o Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Guarda Municipal de Teresina amplia efetivo no Parque da Cidadania

A Guarda Civil Municipal de Teresina está ampliando o efetivo no Parque Estação da Cidadania, região Centro-Norte da capital. Agora, são 14 guardas, ao todo, realizando o trabalho de patrulhamento preventivo e assistência à comunidade na região. O trabalho da Guarda Municipal ocorre entre as 16h e 21h30, horário de funcionamento do Parque. Após esse horário, o trabalho na área é de responsabilidade da Polícia Militar.

De acordo com Lucijane Ibiapina, da Guarda Municipal, os guardas estarão em pontos estratégicos do Parque da Cidadania, visando proporcionar mais segurança aos frequentadores. “A partir das 19h, estaremos com quatro equipes. Uma, com três guardas na entrada do estacionamento do Parque; outra equipe, com quatro guardas no meio do espaço; a terceira equipe, com quatro motos e mais uma equipe na entrada”, explica.

Além do Parque da Cidadania, a atuação da Guarda acontece nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa e dos Skatistas; Parques Lagoas do Norte e Parque Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão); além do Centro Pop, Parque Floresta Fóssil, Restaurante Popular de Teresina e Corredores e Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista.

O órgão atua, ainda, em ações do Programa Vila Bairro Segurança, no caso, os projetos “Teresina Protege” e “Educando para Prevenir”. A Guarda Civil Municipal foi criada pela Lei Complementar n° 3.834 e iniciou, oficialmente, as atividades no dia 24 de janeiro de 2017, com a função primordial da proteção do patrimônio público e assistência à comunidade. A população pode entrar em contato com a Guarda pelo número 153.

Vila Bairro Segurança: Empresas parceiras do projeto “Sou Capaz” vão ganhar selo 

Capacitar e inserir no mercado de trabalho jovens entre 18 e 24 anos. Este é o principal objetivo do Programa de Incentivo ao Primeiro Emprego, desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, dentro das ações do Programa Vila Bairro Segurança. As empresas que aderirem ao Programa e garantirem a destinação de vagas de emprego para contratação de jovens egressos dos cursos de formação socioprofissional serão agraciadas com o selo “Empresa Amiga do Primeiro Emprego”.

“O Programa de Incentivo ao Primeiro Emprego surge da parceria da Fundação Wall Ferraz com a SEMDEC, que terá a função de capacitar os pretensos candidatos a vagas de empregos. A SEMDEC, por ser uma secretaria de articulação junto ao empresariado, irá buscar essas vagas e entrevistas de trabalho para os jovens participantes do programa. Neste momento os jovens buscam emprego e as empresas buscam pessoas capacitadas. A prefeitura tem como obrigação reconhecer essas empresas que dão oportunidade para esses jovens e a melhor forma seria com esse selo”, pontua o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Venâncio Cardoso.

Para a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, o selo de “Empresa amiga do primeiro emprego” deve ser mais um atrativo para as empresas que aderirem ao programa: “O programa vai promover a capacitação socioprofissional dos jovens com foco no primeiro emprego, fomentar a inserção deste jovem teresinense no mercado de trabalho formal e promover a geração de trabalho e renda. Este selo é mais um atrativo para que as empresas tenham ainda mais interesse em colocar em seu quadro de colaboradores, jovens capacitados e preparados para desenvolverem suas funções”.

Os cursos profissionalizantes ofertados pelo Programa de Incentivo ao Primeiro Emprego, através da ação Sou Capaz, comtemplam as áreas de gestão e beleza, sendo eles, Operador de caixa, Operador de call center, Operador de microcomputador e Corte de cabelo masculino e barbearia. Os cursos irão acontecer na sede da administração do Parque Lagoas do Norte e nos Centros de Capacitação dos bairros Poty Velho, Itaperu Matadouro e Parque Alvorada.

O Vila Bairro Segurança é um projeto da Prefeitura de Teresina, conduzido por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) com o intuito de promover e fortalecer a política de segurança municipal, promovendo a inclusão social dos setores mais vulneráveis. Atualmente, o projeto é desenvolvido na região do Lagoas do Norte, assistindo os seguintes bairros: Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Conselheiros Municipais de Teresina participam de capacitação

Nesta quarta-feira (08), conselheiros municipais de Teresina participaram de uma capacitação que abordou questões relacionadas às políticas públicas em diversas áreas, controle social e perfil do conselheiro. Na ação, todos os sete conselhos da capital, vinculados à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), se fizeram presentes.

A atividade foi realizada de 8h às 12h. “É importante termos uma ferramenta de capacitação. Assim fortalecemos o papel dos conselheiros, dando mais ferramentas para que exerçam suas funções. É importante destacar que além dos conselhos ligados à Semcaspi, convidamos para a atividade o Conselho da Juventude e da Mulher”, destaca Deusa Fernandes, gerente de Direitos Humanos (GDH) da Semcaspi.

Os Conselhos têm como finalidade assessorar e monitorar a implementação de políticas públicas de interesse a população ao qual ele estão relacionados, bem como colaborar na defesa dos direitos do público assistido pelos meios legais que se fizerem necessários.

A capacitação continuada é uma vertente que a Secretaria sempre busca dar em todos os seguimentos que trabalha. Estamos fazendo esse trabalho e assim cumprimos o compromisso de sempre manter o conhecimento e boa técnica vigorando em nossas ações”, comenta Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Na ação, estiveram presentes conselheiros do Conselho Municipal do Direito da Criança e Adolescente (CMDCAT), Conselho Municipal do Direito do Idoso (CMDI), Conselho Municipal dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CMDLGBT), Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Teresina (Conade), Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Teresina (Comsea) e Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas (Comad).