Enquanto o B-R-O-BRÓ não chega, a Prefeitura de Teresina já se articula para discutir e planejar ações de prevenção a incêndios. Um encontro realizado nesta segunda-feira (9), com representantes de vários órgãos do município, discutiu o monitoramento mais rápido dos focos de queimadas, além do processo pelo qual a denúncia vai passar até o atendimento da ocorrência.

A reunião debateu ainda a implementação de tecnologias para uma maior rapidez no monitoramento e atendimento das ocorrências. Esta já é a terceira reunião sobre o tema, com outros encontros realizados entre os órgãos nos dias 25 e 28 de junho, com representantes dos bombeiros civis da capital.

Participaram do encontro, a Defesa Civil Municipal de Teresina, representantes da Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR), de SDUs e também da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam); que ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Novos equipamentos

Além do planejamento prévio, a Defesa Civil de Teresina já recebeu 102 novas unidades de produtos para auxiliar no atendimento mais eficaz nas ocorrências de prevenção e atendimento a incêndios, enchentes e outros tipos de desastres – naturais ou provocados pela ação humana. São óculos de proteção, enxadas, cones, capacetes Prosafety e Ledan, cintos paraquedistas, mangueiras, pás de bico, luvas, picaretas chibanca, botas com elástico, talabastes e pulverizadores manuais.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).