Uma reunião realizada na sede da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) discutiu sobre o período seco e o risco de queimadas em Teresina. A partir do mês de julho e, em especial nos meses que compõem o B-R-O BRÓ, as temperaturas se elevam e o número de incêndios aumentam na capital.

A reunião contou com a presença do secretário da Semcaspi, Samuel Silveira; membros da Defesa Civil Municipal de Teresina; além de representantes da Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR) e SDU’s das diversas zonas da capital. O intuito da reunião é analisar e buscar um planejamento em virtude do início do período seco na capital em 2018.

Convocamos a reunião para planejar e antecipar ações em relação a prováveis incêndios que podem ocorrer no segundo semestre. O período mais quente do ano se aproxima e queremos evitar os problemas que aconteceram ano passado, quando a população sofreu com a grande quantidade de incêndios”, explica Samuel Silveira.

Trabalho de sensibilização

Em 2017, a Defesa Civil ministrou palestras informativas sobre prevenção e combate às queimadas em várias comunidades da zona rural de Teresina. O órgão orientou os moradores sobre como agir em situações de princípios de incêndio. As regiões da Cacimba Velha, Cajazeiras, Salobro e Alegria, todas na zona Rural, foram algumas dessas comunidades que receberam trabalhos de prevenção.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).